Meus queridos Jovens: DEIXEM-SE CONQUISTAR POR JESUS | Salesiano Rocha Miranda

Meus queridos Jovens: DEIXEM-SE CONQUISTAR POR JESUS



Meus queridos Jovens: DEIXEM-SE CONQUISTAR POR JESUS

Mensagem do Reitor-Mor na festa de Dom Bosco, aos jovens e às jovens de todas as Presenças Salesianas no Mundo 

 Roma, 31 de janeiro de 2016. 

Meus queridos jovens do mundo todo. Meus queridos amigos e amigas, sabem de uma coisa? Creio que posso entender muito bem o que Dom Bosco sentia quando escrevia aos jovens das várias casas e oratórios dizendo que sentia falta deles, que tinha grande vontade de retornar logo para estar com eles. Posso garantir-lhes que eu também gostaria de passar a bela festa de Dom Bosco em todos e em cada um dos lugares do nosso mundo salesiano e cumprimentá-los pessoalmente. E rezarmos juntos. E podermos rir, alegrar-nos, cantar e dançar como fazemos quando expressamos a alegria tão salesiana, como dizia São Domingos Sávio: “Nós fazemos consistir a santidade em estar sempre alegres”.

Como só poderei estar presente num único lugar, mediante esta mensagem, bato à porta de seus corações e, com delicadeza, peço-lhes licença para compartilhar com vocês, rapazes e moças, meus melhores votos de felicidade e santidade para cada um de vocês.

Quando estiverem celebrando a grande festa de Dom Bosco, eu estarei em Serra Leoa, no continente africano, com nossos irmãos salesianos que decidiram permanecer ali, mesmo nos momentos mais difíceis da epidemia de ebola, acompanhando os meninos e meninas que perderam o pai ou a mãe devido à doença e que nos têm como a sua família. Quando me encontrar com eles, direi que os jovens das presenças salesianas do mundo e toda a nossa Família Salesiana pensa neles.

E eu, ao pensar em vocês e numa mensagem que lhes possa servir de referência na festa de Dom Bosco, digo-lhes isto: Meus queridos jovens, deixem-se conquistar por Jesus.

Em sintonia com o que sugeri à inteira Família Salesiana do mundo, convido-os a deixarem que Nosso Senhor “roube” o coração de vocês. Meus queridos jovens, não tenham medo de que o Senhor faça parte importantíssima de suas vidas. Não tenham medo de que entre tão profundamente em seus corações a ponto de já não poderem viver sem Ele.

Talvez, alguém possa perguntar por que lhes digo isso. Pois bem, em primeiro lugar porque lhes quero bem, e porque desejo para todos vocês, rapazes e moças, uma vida plena e feliz; segundo, porque sei que Dom Bosco diria o mesmo para vocês, como o dizia aos seus meninos de Valdocco; e, terceiro e mais importante, por ser verdade: é certo que com Jesus tudo adquire luz própria.

Não esperem que na sociedade, cidade ou lugar onde vivem, sejam muitos os que lhes façam este convite. Não está na moda. Contudo, o Amor de Deus por cada um de vocês, meus queridos jovens, não é uma moda, mas uma realidade que chega em todos os lugares e a todas as pessoas caso deixem que a sua voz ressoe no próprio coração.

O que lhes proponho concretamente é isto:

  • Proponho-lhes que, sempre que possível, parem para se escutarem, para entrarem no próprio mundo interior e ouvirem a sua voz interior.
  • Proponho-lhes que, uma vez no próprio interior, procurem a presença de Deus que é Amor, Vida e sempre Novidade: convido-os a fazerem a experiência de descobri-lo e reconhecê-lo.
  • Proponho-lhes que se deixem ajudar a serem buscadores de Deus, para aprenderem a ler a vida como bênção de Deus, admirando-se com a sua presença e os seus vestígios em vocês, a reconhecê-lo como quem realmente os procura, está com vocês e vive em vocês.
  • Proponho-lhes que vivam experiências que os levem ao encontro pessoal com Jesus: um encontro que sempre os fascinará e dará solidez às suas vidas.
  • Proponho-lhes que, aos poucos, amadureçam uma verdadeira amizade com Jesus, amizade que fortalecerão na oração pessoal e comunitária, na Eucaristia e na Reconciliação.
  • Proponho-lhes que peçam a Deus Pai que lhes conceda o dom do Espírito fazendo-os optar por serem decididamente dos seus, dos que seguem Jesus.
  • Proponho-lhes que aprendam a valorizar ainda mais a família, a amizade, a fraternidade e a solidariedade para com quem sofre.
  • Proponho-lhes ainda algo precioso: que ousem aceitar o desafio da vida como dom e serviço que, sem dúvida, fará com que sejam melhores e dará pleno sentido às suas vidas.

E tudo isso até chegarem a amadurecer o projeto pessoal de vida, tornando realidade o sonho que Deus tem sobre cada um de vocês, rapazes e moças, sabendo que, seja qual for, este sonho sempre será garantia de felicidade.

Meus queridos jovens, concluo como iniciei esta minha saudação, desejando-lhes uma festa muito abençoada do nosso amado Dom Bosco. Que a Auxiliadora, a Mãe que tudo fez, continue a ser porto seguro para vocês, e que o Senhor Jesus continue a conquistar os seus corações e as suas vidas.

Um abraço com verdadeiro afeto,

Assinatura P. Ángel Fernández Artime

P. Ángel Fernández Artime, sdb
Reitor-Mor


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *