Frei Antônio Moser, morto? | Salesiano Rocha Miranda

Frei Antônio Moser, morto?



Frei Antônio Moser, morto?

Amados(as), tive a oportunidade de conhecer esse servo de Deus que em sua trajetória deixou um legado de conhecimento acerca de Deus, de sua misericórdia e de ação em nossa humanidade.

Como homem de Deus, seu olhar se volta para o infinito e eterno, professor de renomada competência, tendo lecionado em outros países, autor de vários livros e artigos, em diversas revistas e nações.

Formado em Teologia Moral, Frei Moser foi convidado por nosso querido Papa Francisco para compor uma comissão teológica que refletiu sobre: “A vocação e a missão da família na Igreja e no mundo contemporâneo”, na XIV Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que se realizou no Vaticano, entre os dias 04 e 25 de outubro de 2015.

Quando estudante no período de seminário, percebi que se tratava de um homem discreto e de educação primorosa. No evento promovido na faculdade o Frei era solícito quando requisitado.

Uma catástrofe o acontecido.

Podemos constatar que a delinquência em nossa nação provoca marcas profundas nas pessoas. Dom Bosco já nos advertia que se não cuidarmos das pessoas estaremos sujeitos a diversas expressões de violência e de pobreza humana. É hora de cada um conforme as suas possibilidades, contribuir, para que eventos como este não venham a se repetir.

Quanto à morte de nosso irmão, posso afirmar que ele estará presente em nós. O evangelho segundo João nos diz: “Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caído na terra, não morrer, fica só; se morrer, produz muito fruto.”, Jo 12,24. Que o sangue de Frei Moser, a exemplo de tantos mártires e santos, possa se unir ao sacrifício do derramamento do Sangue de Cristo.

Amigos, me pergunto: Frei Antônio Moser, morto? Não. Creio que permanecerá vivo em sua obra e na fé que o mesmo professou até sua finitude humana, mas que não invalida de modo algum sua dimensão eterna com o Senhor de toda graça.

Pe. Reginaldo Fragoso Marinho, SDB


7 thoughts on “Frei Antônio Moser, morto?

  1. O episódio com o Frei Antônio Moser representa para nós cristãos católicos uma realidade a qual todos nós estamos expostos. Na concepção da obra evangelizadora, não existe idade improdutiva nem obra pastoral concluída. Como instrumentos de jornada precisamos perceber e entender que o nosso legado será valorizado pelas sementes plantadas, não importa onde e quando. Um fato impactante com este, reflete como um espelho ao sol raios luminosos de intensidades diferentes , de direções variadas. É assim que ele precisa ser visto através de nossa fé; com sentimentos de perplexidade, tristeza,resignação mas também de convicção e esperança e que ele nos traga vigor e direcionamento para enxugar as lágrima, elevar os olhos e dar continuidade a esta importante obra evangelizadora pela grandeza de mais um de seus mártires.

  2. As palavras do Pe. Reginaldo fáceis de entender e de uma teologia social que retrata muito bem a simplicidade e a missão do Frei Antônio que no decorrer de sua missão entregou-se por inteiro. O céu celebra a sua chegada e nós lamentamos essa partida precoce e violenta.

  3. Frei Moser, nos deixa um grande legado através do seu testemunho e também de sua obra, profundamente significativa no campo moral de nossa teologia cristã católica

  4. Mártires do nosso tempo, que ficam para a vida eterna! Como dizia Pe Pio de Pietrelcina: o maior milagre dos Santos é que depois de muitos anos, ainda existem jovens querendo ser como eles: pessoas de Deus!Descanse em paz e roga por nós, Frei Antônio Mozer,vivo para s vida eterna!

  5. Erealmente lamentavel que um ser tão humano e ativo tenha partido de uma forma tão brutal
    Que o exemplo de sua vida e obra nos orientem na busca de um mundo mais cristão.

  6. E realmente lamentavel que um ser tão humano e ativo tenha partido de uma forma tão brutal
    Que o exemplo de sua vida e obra nos orientem na busca de um mundo mais cristão.Obrigada Pe. Reginaldo por nós fazer conhecer melhor Frei Moser.

  7. É com pesar que recebo a notícia da morte do Frei Moser, e através de suas palavras Padre Reginaldo me fez conhecer um pouco dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *